Le -
modifié le -

Paroles "Bwana" - Al Bano & Romina Power

Bwana Bwana
Me chama que eu vou
Sou tua mulher robô
Teleguiada pela paixonite

Que não tem cura
Que não tem culpa
Pela volúpia
Volúpia!

Bwana Bwana
Teu desejo é uma ordem
Te satisfazer
É o meu prazer

Que não tem jeito
O meu defeito
É não saber parar
Volúpia!

Adeus sarjeta
Bwana me salvou
Não quero gorjeta
Faço tudo por amor
Ah! Ah! Ah!
Adeus sarjeta
Bwana me salvou
Não quero gorjeta
Faço tudo por
Faço tudo
Faço tudo por amor

Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!
Ah! Ah! Uh!
Ah! Ah! Uh!

Bwana Bwana
Não sei cozinhar
Mas sou carinhosa
E tenho talento
Prá boemia
Corre sangria
Nas minhas veias
Volúpia!

Adeus sarjeta
Bwana me salvou
Não quero gorjeta
Faço tudo por amor
Ah! Ah! Ah!
Adeus sarjeta
Bwana me salvou
Não quero gorjeta
Faço tudo por amor

Ah! Ah! Ah! Adeus!
Bwana me salvou
Não quero gorjeta
Faço tudo por
Faço tudo
Faço tudo por amor
Ah! Ah! Au!

Lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.

RITA CARVALHO, RITA LEE JONES CARVALHO, RITA LEE JONES DE CARVALHO, ROBERTO ZENOBIO AFFONSO DE CARVALHO